Brasão de Pinhalão

Descrição Coroa Mural: de prata (argenta) com 6 torres, 4 a vista, representando a fortaleza que protege a cidade, símbolo da própria cidade, cuja comunidade vive dentro dela e para ela.

Campo Superior do Escudo: ocupando metade do mesmo, desde o chefe ao centro, em azul, cuja cor simboliza harmonia, saber, lucidez, intelectualidade etc. e representa o céu sempre azul de nossa pátria, tendo a destro (direita) e sinistro (esquerda) no campo azul do escudo, dois pinheiros, símbolos do estado e do município em sable (preto) que significa benignidade, riqueza e solidariedade. Ao centro do campo azul, uma flor de liz em prata, simbolizando a fé cristã de nosso povo, Nossa Senhora.

Ponta do Escudo: a destro e sinistro e ponta do mesmo, em jales (ouro) cortado por um rio, Ribeirão Grande em azul, o ouro simbolizando a riqueza que a terra nos fornece e o arado ou charrua em goles (vermelho), símbolo tradicional do trabalho agrícola, cuja cor vermelha significa luta árdua, o que diz bem da faina do nosso lavrador ao amainar a terra, semear e colher.

Apoios: são os ramos de café a destro do escudo, principal produto como base econômica do município e a sinistro do escudo, um ramo de milho, cujos ramos super-carregados de frutos e flores, simbolizam na heráldica super-colheita, produção farta.

Listél: A lista que contém o dístico, como legenda, PINHALÃO, nome da cidade pelo brasão representado, tendo a sua direita (destro) em ponta o dia e o mês da criação do município – 14/11 e a sinistro, na ponta, o ano da criação 1951, tornando-se município e fazendo-se parte integrante do desenvolvimento de nosso estado e pujança de nossa pátria.

Bandeira de Pinhalão

[BANDEIRA]

CRIAÇÃO: Criada e desenhada pelo Prefeito Sebastião Dias Chaves, com o fim específico de comemorar os 22 anos de emancipação política do Município de Pinhalão em 1.973 na composição do Desfile Cívico que haveria de acontecer naquele ano. Embora, necessitasse de concurso público para a elaboração da bandeira, esta era simplesmente para retratar o amor do povo pinhalonense ao seu município nesta festividade, porém o tempo foi passando e a Bandeira de Pinhalão por aceitação do povo continuou a tremular em seu mastro, juntamente com as Bandeiras do Paraná e do Brasil. Ficando assim reconhecida extra-oficialmente como símbolo cívico de amor e grandeza patrióticos dos pinhalonenses.

FORMATO: De formato retangular, assemelhando-se a Bandeira Nacional.

AS CORES: A Cor Verde, simboliza nossas matas e a esperança do povo pinhalonense no desenvolvimento e grandeza do território, pelo trabalho árduo de seus munícipes. A cor amarela, recortada por duas faixas amarelas em forma de cruz, simbolizando nossas riquezas, tanto agrícolas e pecuária, quanto as indústrias e as demais atividades econômicas do município; o formato em cruz, retrata a fé e a cristandade do povo pinhalonense. A cor branca em forma de losângulo, representa a paz e a confiança que os munícipes têm em seus governantes, tendo ao seu centro o Escudo do Município, para que os pinhalonense nunca se esqueçam da força, do trabalho e do amor que sempre têm para com o Município de Pinhalão.